Imprensa‎ > ‎

Futurecom 2011: como serão os próximos dez anos para os setores de TI e Telecom

postado em 22 de jun de 2011 16:36 por Eduardo Neger   [ 22 de jun de 2011 16:42 atualizado‎(s)‎ ]
 
22/06 | Tecnologia
 
Em recente visita à Argentina, o secretário fez um alerta drástico ao setor: “Se não chegarmos a um acordo com mudanças profundas no marco regulatório das telecomunicações durante o encontro de Cúpula em novembro de 2012, cinco anos depois poderemos ter uma crise no setor muito pior que a recente crise financeira internacional.

Hamadoun Touré Secretário-geral da União Internacional das Telecomunicações é uma das presenças internacionais

” Segundo ele, as normas internacionais vigentes datam de 1998, do Acordo de Melbourne, quando tanto a comunicação móvel quanto a Internet eram incipientes.

Para esta edição, o Futurecom 2011 inova com a apresentação de um importante espaço no Business Trade Show: o Futurecom App Universe, que demonstrará a importância do Value Added Service (VAS) e de aplicativos corporativos para o mercado de Telecomunicações. Também será lançado o Mega Trends Day, um dia para identificação e discussão das maiores novidades do mercado.

Outro destaque será a Internet Arena, organizada pela ABRANET (Associação Brasileira de Internet) como uma oportunidade para absorção de conhecimentos e abordagem sobre o universo conectado, cada vez mais presente na sociedade. Além do Secretário Geral da UIT, confirmaram presença, dentre outros Jon “maddog” Hall (Linux International), Rajeev Suri (Nokia Siemens Networks) e Zeinal Bava (Portugal Telecom).

O Futurecom, evento mais importante de Telecomunicação e Tecnologia da Informação na América Latina, apresenta sua 13ª edição na cidade de São Paulo, de 12 a 14 de setembro, no Transamérica Expo Center. A feira surgiu em 1998, na cidade de Foz Do Iguaçu, com a participação de 2.850 pessoas. De 2001 a 2007, o evento aconteceu em Florianópolis, e, a partir de sua décima edição, passou a ser realizado em São Paulo. Em 2010, o evento contou com a presença de 21.000 pessoas e 42 países participantes. Além disso, a feira reuniu 240 empresas expositoras. Ao todo 352 palestrantes debateram sobre assuntos de relevância para o setor.

http://www.portaldailha.com.br/noticias/lernoticia.php?id=8596

Comments